segunda-feira, junho 23, 2008

Duh!!

Há coisas que me tiram do sério. Muitas, confesso, sou bastante irritável. Mas acho que nada me deixa tão à beira de um ataque de nervos como ouvir alguém referir-se a um filme com o comentário “Ah, mas o livro é muito melhor!”. Pessoal, vamos brincar de racionalizar só um bocadinho, ‘tá? É um filme... Era preciso que o livro fosse muito, muito mau para que o filme o superasse. Mas quem, no seu perfeito juízo, produziria, realizaria e protagonizaria um filme baseado num livro muito, muito mau? E, já agora, quem iria ver um filme desses? Vai daí, acho que podemos deixar estabelecido de uma vez por todas: os livros são melhores que os filmes, o que, só por si, não torna os filmes necessariamente maus. E é por isso, por os livros serem melhores que os filmes, que o pessoal do cinema procura a literatura como fonte, e não o contrário. Compreendido? ['ca nervos!]

37 comentários:

wings disse...

Venho deixar a confissão de que a culpa foi minha. Falávamos do Alta Fidelidade e eu disse "Ah, mas o livro é muito melhor"... Boneca, és uma chata! ;o)

Luísa disse...

Por acaso ainda hoje publiquei no meu blog algo sobre livros e filmes. Mas não se fores até lá não te preocupes que não te vai dar um ataque de nervos (acho eu) porque não disse que os livros eram muito melhores.

Bj

Marisa disse...

Tenho conhecimento de um filme que é muito melhor que o livro: O Diário de Bridgit Jones. O filme é engraçado vá, mas o livro, pelo que ouvi dizer, é uma treta!
Mas pronto é uma excepção que confirma a regra :P

Patrícia disse...

Anh.... eu também acho! O livro é muitoooo melhor que o filme;)

sonia disse...

Eu adoro livros, mas gosto de ir ao cinema :pppp

Ana Sousa disse...

:p
(mau feitio pá!)

Cláudia, Mãe do Pimpo & Pimpa disse...

Ok. Não precisas ficar nervosa! LOL

Bjs Cláudia

Seamoon disse...

Entendido,no entanto permite-me discordar em um pelo menos...o drácula,o filme bem mas bem melhor do que o livro ;)

bjs

Seamoon disse...

Nota:refiro me ao Drácula de Bram Stoker , filme de 1992 dirigido pelo diretor Francis Ford Coppola.
kiss

ηatalie αfonseca disse...

Concordo !

Os livros são melhores que os filmes. Porque deixam-nos a imaginar....

Mas, se me permites deixar aqui o meu testemunho [hehe], o Código Da Vinci = livro e filme = perfeitos! :)

Miguel disse...

Olá Rosa,
a literatura e o cinema....assim como a pintura, a escultura, a fotografia, a música (já chega de me mostrar, como um gajo atento), apresentam linguagens específicas e se dentro de cada uma, ainda sub-dividirmos os diversos materiais, técnicas utilizadas, criadores,... encontramos dialectos que se complementam (ou não), mas não são comparáveis.
Já tentaram comparar o Mirandês com o Madarim?
Por aqui me fico, concordo contigo...

Beijo

Annie disse...

Lê-se o livro, vê-se o filme, vê-se o filme, lê-se o livro... e cada um tira as suas próprias conclusões...!
gostos são gostos e não há regra sem excepção!

não te irrites, Rosa! :D

beijinhoooooooooooo

Tagaxinho disse...

Quase sempre... exemplo: filme BOPE tropa de elite tá brutalissimo e o livro nem por isso... talvez a primeira parte vá...

Eduardo Lara Alves disse...

E depois de te tirarem do sério como é?:):):) Agora mesmo a sério, por algum motivo os filmes são isso mesmo adaptações dos livros.

Tita disse...

Oiço essa frase muitas vezes!

Peter Mary disse...

Combinado... primeiro ver o filme depois o livro LOL é uma questão de gestão de espectativas :P

Bjs

Desinformador disse...

Há adaptações que por os realizadores e os produtores não terem tido qualquer tipo de problemas em arriscar, porque sabiam que o livro era bastante bom, conseguiram resultados finais surpreendentes.

Por exemplo. Peter Jackson e a trilogia dos anéis; Robert Rodriguez e o Sin City, esta é uma adaptação de uma novela gráfica de Frank Miller, que se manteve fiel. A adaptação do 300, também obra de Frank Miller correu bem, e é outra adaptação que quanto a mim superou o livro.

Tenho ainda um outro exemplo, o Trainspotting, o filme está num nível muito alto, que iguala, no mínimo o que Irvine Welsh retrata apenas em palavras...

Por isso, quando se diz que o livro é melhor que o filme, haverá que argumentar. E primeiro saber se realmente leram o livro, ou se apenas o dizem da boca para fora! Só porque parece inteligente dizê-lo!

Sorrisos em Alta disse...

Não te enfureças com isso. Era pior se o teu carro se chamasse "sério" e se te tirrasem do sério, numa de carjacking!
;o)

Xinha disse...

É Rosa, essa é de La Palice!:) Mas não vale a pena marafares-te!:)

Pedro Viegas disse...

estou contigo miuda... (as always)

Cum catano...

Carlos disse...

Um post à Mourinho, onde não faltou sequer o murro na mesa no final.
Vamos embora, equipa!
(eu e os meus comparsas temos uma expressão para as situações em que falamos assim. Dizemos que é falar "à Benfica", expressão que resulta doutra - os 10 minutos "à benfica" - celebrizados no tempo em que eles de facto jogavam à bola e de facto tinham uma equipa.)
E parece-me que depois de fechares esse post acrescentaste uma qualquer asneira sentida e legítima.

Bem observado ;)

Robin K disse...

Se bem que se fizerem um dia um livro inspirado nos filmes do Steven Seagal, eu garanto que será um bestseller de proporções megalómanas e toda a gente poderá dizer: “Gosto bem mais do Livro”, mesmo sabendo que este foi inspirado num filme.
É claro que o facto de no livro não termos que levar com a qualidade artística desse menino das artes marciais já ajuda um pouco.
Vá lá….. ajuda bastante.
Pronto. Ajuda mesmo muito.

Keep on,

Robin K

Catarina disse...

O Mirandês com o Mandarim??? Daqui a pouco o Mindrico, não??? Estas coisas a mim é que me deixam louca!!!! Novas "línguas" oficiais (temos de arranjar espaço para mais trezentas se quem de direito se lembrar de exigências também), escrever esquisito (para mim o novo acordo ortográfico ainda o é e não sei se passa)... Não sou Velha nem estou no Restelo mas acho que para lá caminho!

Llew disse...

eu quando vi o "senhor dos anéis" no cinema ainda nao tinha lido os livros. Mas fiquei fascinado com o tipo de história, que fui a correr à procura de algo ainda mais fantástico no próprio livro.

Depois de ter visto o 1º filme, li os 3 livros de rajada.

margarida disse...

Marisa, eu acho os livros da Bridget Jones muito melhores, mas lá está, são opiniões. :p

Eu, que digo SEMPRE isso, porque acho mesmo melhores os livros, é em jeito de desilusão.. Não acontece com os Harry Potter's, omitem muitas cenas - como é óbvio! - mas são TÃO BONS que não dá para dizer mal.

guga disse...

completamente... também partilho a tua opinião.

bjs Sandra

yulunga disse...

Não sei se é bem assim.
Tu, por exemplo. Fazes grandes filmes e depois escreves.
Não tenho razão?

ariana luna disse...

Rosita, não te irrites que não vale a pena…

São suportes diferentes e como diferentes que são, não são sequer comparáveis.
Cada um dá-lhe o valor que quer. Aprecio ambos, embora pense nada poderá substituir um bom livro.

paddy disse...

LOL confesso que eu também digo sempre que os livros são melhores. Mas já vi o filme que era melhor do que o livro, talvez por serem completamente diferentes, só se manteve quase o nome das personagens. Mas quem já leu os livros gosta de dar a sua opinião :)

andorinha disse...

Não stresses, cachopa:)
Também irritas-te com tudo...bolas!:)

Beijinhos

P.S. Bons livros e bons filmes.

LopesCa disse...

LOL
Toda a gente fala em livros e filmes eu sugiro antes um pouco de nmúsica :)

...Ju... disse...

tem lógica sim sra! :P

Seamoon disse...

oi
o meu link mudou.
http://oceanwordssea.blogspot.com/

bjs

João Filipe Ferreira disse...

mas eu consigo responder-te à pergunta :

Mas quem, no seu perfeito juízo, produziria, realizaria e protagonizaria um filme baseado num livro muito, muito mau? E, já agora, quem iria ver um filme desses?

resposta : filme corrupção, livro eu carolina pinhão

eheh Graças a Deus n o vi !!

beijaoo e sorri:)

Liana disse...

Desafio duplo no meu blog!!***

frente_de_libertação_do_bigode disse...

Manifesto Bigodista
~(Homenagem ao Mestre Chalana)~

Nós!
Os saturados da ausência de pêlos faciais!
Os cativos do caos bigodal!
Os vanguardistas da REVOLTA capilar!
Os membros da equipa técnica do Benfica (SAD)!
As minhotas! Saturadas da tirania da cera!
Os seres cujas veias rebentam de testosterona!
Os amantes da BEjECA e do minuim!
Os arautos da farfalheira supralabial!

Proclamamos a era do bigode.
Em que o novo TUGA é soberano; Rei Supremo!

http://libertemobigode.blogspot.com
AJUDA A SALVAR O BIGODE IBÉRICO

AnaBond disse...

aaaaah, finalmente alguém que pensa como eu... irrra!!!!

é que o pessoal não entende que um livro são apenas palavras e podem sempre vaguear, descrever pensamentos, etc e tal. e durar horas e horas e horas.
já um filme.... são coisas completamente diferentes.

e para quem não entendeu... um filme é sempre baseadoooo num livro.

ponto final parágrafo.