sexta-feira, novembro 21, 2008

Apresentando a nova colecção: "Diz que pensar dá jeito"

To make a long story short:
Fui à drogaria lá ao pé de casa e pedi um produto para tirar umas pintas de humidade no tecto da cozinha. O senhor sugeriu-me pulverizar com lixívia forte, vendeu-me a dita e um frasco pulverizador. E eu assim fiz. Abri as janelas, empoleirei-me no escadote e pimba!, lixívia nas pintas. Desapareceu tudo, uma maravilha. Mas do que é que eu me esqueci, perguntam vocês? De um pormenorzinho sem a mínima importância: a lei da gravidade. Assim, ao longo da semana tenho estado, pouco a pouco, a aperceber-me da maravilhosa descoberta de Newton: lixívia no telemóvel que estava em cima do frasco do esparguete, lixívia na mala que estava em cima do desumidificador, lixívia no avental pendurado na parede…
Não tarda nada faço anos. E o Natal também está aí à porta. Quem não souber o que me oferecer, aqui está: cérebro, precisa-se.

quinta-feira, novembro 20, 2008

Sexiest man alive

E por mim... tudo bem!

2008
Os vencedores anteriores [por ordem, desde o primeiro, em 1985; em 1993 e 1994, a People não elegeu o Sexiest Man Alive - não sei porquê!].









P.S.: Rapazes, eu prometo algo, para breve, tendo em conta o vosso "target"... ;)

quarta-feira, novembro 19, 2008

terça-feira, novembro 18, 2008

Parabéns!!

Apaga hoje as 80 velas. Não parece nada, eu sei, mas há "gente" assim, por quem os anos não passam.
Como eu, apesar de um tanto ou quanto velha e acabada, ainda estou buéééé longe dos 80, não conheci um mundo sem Mickey, pelo que tenho dificuldade em imaginar o mundo sem ele. Sorte que os desenhos animados são assim, eternos.
E, por mais que a indústria se esforce, não há cá João Ratão, Topo Gigio ou Ratatui (sim, eu sei que este não é o nome da personagem, mas nunca consigo lembrar-me e, para o efeito, serve) que roubem o lugar ao rato mais fofinho do imaginário infantil.
Happy birthday, Mickey!


sexta-feira, novembro 14, 2008

Da crise*

0
Já todos nos tínhamos espantado por “sexo” não constar na lista dos dez termos mais procurados pelos portugueses na internet no ano passado, sendo que em 2006 ocupava a primeira posição. Mas uma revelação maior chegou-me agora do Brasil: imediatamente antes de “sexo”, a expressão mais procurada foi “receita federal”. É, amigos, a crise chega a todos, de tal forma que agora os brasileiros, antes de foder, querem saber o quanto estão fodidos.

* ou "Quando a uma gripe se junta uma enxaqueca"

quarta-feira, novembro 12, 2008

A falha de Moisés

Tenho a certeza que o décimo primeiro mandamento dizia: "não estarás duas horas na rua, ao sol e ao frio, em pé, a ouvir lições de como usar uma câmara de filmar, quando estás com uma gripe que te deixa o corpo todo dorido e o cérebro sem capacidade de absorver informações novas".

segunda-feira, novembro 10, 2008

A sinceridade compensa.

Em Languedoc, no sul de França, os produtores aproveitaram a má fama dos seus vinhos para criar o "Le Vin de Merde".
Grande novidade. Nós, portugueses, também temos esse vinho, só que os nossos produtores não foram tão honestos e deram-lhe (muitos) outros nomes.






sexta-feira, novembro 07, 2008

O Reynaldo Gianecchini...

... despiu-se para mim.

E entretanto acordei? Não, eu não estava a sonhar. E não, também não bati com a cabeça em lado nenhum. Porque o Sorrisos não é egoísta, e porque eu gosto de ver as minhas leitoras (e leitores gay) felizes, ora espreitem aqui. E vão clicando na foto.

Quem é amiga, quem é?

terça-feira, novembro 04, 2008

E a maluca sou eu?

A Carla, a falar para ela própria enquanto, de nariz enfiado no armário, procurava uma revista que estava a precisar: "As revistas deviam ser como os cães: a gente chamava e elas vinham"...

A conviver com gente assim, como é que vocês querem que eu seja minimanente normal?!