terça-feira, julho 24, 2007

Às cegas

Ontem saí com o irmão de uma amiga. Se a memória não me falha (que isto da velhice não perdoa), foi o meu primeiro blind-date (e olhem que eu já ando nisto dos dates há uns tempos). O conceito nunca me atraiu, mas ela insistiu tanto que nós éramos perfeitos um para o outro, que acabei por ceder (não queria que a teimosia me fizesse perder o homem perfeito, apesar de ser do domínio público que o homem perfeito é gay). Adiante. A primeira impressão foi boa: era bastante atraente. A segunda foi má: tinha consciência disso. Vaidoso, demasiado vaidoso! Aguentei o “eu sou muito bom” estoicamente até quase à meia-noite, e depois pedi-lhe que me deixasse em casa, com a desculpa de que tinha que acordar muito cedo. Ele fez beicinho, disse que era cedo, que a conversa (o monólogo, ele queria dizer o monólogo) estava tão agradável, e tal, mas no fundo o que o perturbava é como é que alguém podia preferir ir para casa do que ficar na sua fantástica companhia.
Hoje, quando a minha amiga me ligou para saber se já tínhamos marcado a data do casamento, disse-lhe, o mais delicadamente que consegui, que ele não era nada como eu esperava e que, embora ele o tivesse sugerido no final da noite, não estava interessada num segundo encontro. Consequentemente, lamentava, mas não ia ser eu a mãe dos sobrinhos dela.

E então veio a pergunta que me deixou sem fala:
- “Se ele não foi nada do que tu esperavas, porque é que aceitaste sair com ele?”
– “Ãhh… bem… talvez… porque a minha bola de cristal estava avariada?...” (pensei, não disse, uma vez que, se bem se lembram, tinha ficado sem fala)
Ele há com cada uma! :)

23 comentários:

Pi disse...

Ninguém merece;)
O importante é continuares a tentar... Eu ainda acredito na heterossexualidade do homem perfeito... Ou prefiro acreditar!

Nuno disse...

Coitado do moço. Ele estava apenas a tentar resumir num único encontro tudo o que de bom tinha para te oferecer :) lololol ahahahahaha eheheheh.
Não, não estou a defender os homens. Não se gosta de algo, não se gosta ponto.
Para a próxima é mais directa e não te esforces tanto. Não tens de gostar ;)

J disse...

Espero mesmo que o homem perfeito seja hetero, se não, estou feita, porque não me contento com menos do que isso...

C Valente disse...

O senhor perfeito perfeito, como diz o anucio só a cerveja, e dessa duvido pois não bebo.
Infelizmente há gente que não se encherga, amiga creio que foi a melhor solução, pois os encontros á primeira vista por vezes tem mais importancia do que se pode imaginar, se gosta, ou não se gosta o agradar imediato é relevante
Saudações amigas,

LopesCa disse...

“Se ele não foi nada do que tu esperavas, porque é que aceitaste sair com ele?” nã é a ideia base dos blind-dates???
Sair para descobrir LOL

BlueAngel disse...

O homem perfeito é gay???? Isso explica muita coisa! lol ou não!!! A amiga não gostou que não tivesses gostado do mano? Azar, não se pode gostar de toda a gente, ora bolas!!!

andorinha disse...

Não entendo as mulheres:)))) Loooool
Não me refiro a ti, mas sim à tua amiga.
"Se não foi o que esperavas, porque aceitaste sair com ele?"
Como se pode fazer tal pergunta? Looool
Fica bem, miúda, mais dates virão:)
Beijinhos

Costinhas disse...

Se quiseres, uma vez que a minha filha é agora uma das WinX - julgo que ela seja a Bloom, mas pelo que pude apurar ela e as colegas vão trocando de identidades para confundir os inimigos - posso pedir-lhe que interceda por ti junta das bruxas e que te arranjem uma nova bola de cristal com garantia vitalícia.

Se quiseres estás à vontade... com jeitinho e a miúda até te encontra o segundo homem perfeito (porque o primeiro pelos vistos é gay) assim num daqueles passes de mágica que quase me custam uma jarra de cristal tal é a graciosidade com que ela os executa dentro de portas!

(beijos!)

Eduardo Lara Alves disse...

Tu é que estás errada de certeza...segundo a tua amiga vocês são perfeitos um para o outro e segundo o irmão da tua amifa ele é perfeito...ou seja tu não percebes mesmo nada ;)

Dina disse...

Ehehehehe! Desculpa mas a frase da tua amiga é hilariante. Mas a culpa deve ser mesmo das bolas de cristal falsificadas que estão por aí à venda nas lojas dos chineses.
Sinceramente eu não vos percebo...vcs precisam mesmo de conhecer um homem perfeito? Deve ser um chato de galocha!!
Imagina a chatice de vida que vais ter com um homem perfeito...vais tentar ser igualmente perfeita e nem dás pelas coisas mais importantes que te vão passando ao lado.Sempre detestei coisas demasiado perfeitas!

Anna^ disse...

Só imagino as vezes em que estiveste mesmo mesmo prestes a bocejar...logo tu que adoras monólogos!! AHAHAHA
Que venham mais dates;blind or not...that´s the question!!! :D

Até já miúda ;)

beijo

Xuinha Foguetão disse...

Tu mantem-te firme, Rosinha!

Ahahahahahha!

Talvez seja melhor voltares aos dates somente.

:)

Beijos

platypus disse...

BOa!!devias de lhe ter dito a verdade,o teu querido mano é um frete!..pois mas nao dá ..compreendo.
Qualquer dia tenho de exprimentar isso do blind date,mas se com o sem ser blind já é a desgraça do costume,acho que vou ponderar eh eh eh... a sorte que tenho ai jesus!!

Gosto muito deste teu espaço.
Abraço.

Seamoon disse...

ohh p� a perguntas de caka respostas de caka..punhas lhe a musiquinha do "you are so vain"para ver se a mana percebia boa?

llol
bjs

Mãe Gabi disse...

ora pq porque ela insistiu....chata essa irmã não!!!
imagino a tua cara de tacho!!!
:D

NiNa disse...

LOl imagino que tb deva ser dificil pra ela: a desilusão ao procurar "emparelhar" duas pessoas de quem gosta e dpois puff! Mas n deixa de ser irónica a reacção dela... enfim boa sorte para os "dates" futuros! um bjinho gde d'os sorrisos

p.s: nem os gays são perfeitos...:(

Sandrina disse...

lollllllllll

Isso lá é pergunta que se faça???

Sem saires com ele n sabias se era o que esperavas ou não certo?? dahh


Beijokas penicheiras!!!

Alecrim disse...

Bem... eu também fiquei sem fala!

claudia disse...

Realmente Rosinha!!! Como é que com uma amiga dessas não percebeste que o irmão não podia ser melhor??????

;)

AnaBond disse...

ahahha, li o último comentário e nem vou comentar mais nada pois a cláudia já acertou na mouche ;)

pp disse...

Rosinha,
ligavas-me e já não era blind. :)
:)*

Minerva McGonagall disse...

Não há nada pior do que um homem vaidoso...

João Dias de Carvalho disse...

Vejamos, do ponto de vista dele e dela fostes um mau investimento... só prejuizo!