segunda-feira, julho 30, 2007

Da solidão

No sábado fiquei doente. Uma insolação, talvez, não cheguei a perceber. Zonza, cheia de dores no corpo, enjoada, com 39,5 de febre. Mas como eu sou do género forte e durona, os meus amigos nunca me levam a sério quando digo que me sinto super mal. Conclusão: como a mãe, que nem precisa que eu lhe diga nada, basta olhar para mim para perceber, está longe, é nestes dias que me sinto estupidamente só…

23 comentários:

Geoca disse...

olá! Como eu entendo, pois este fim de semana também fiquei doente e só. Quer dizer, nem tanto... As melhoras

pp disse...

:)*

Seamoon disse...

beijos muito muito gRAndes cheios de luzinhas de boa companhia...espero que estejas melhor.
Isso do ser "durona" tem bem mais do que se lhe diga não é?
Há alturas em que mesmo que se precise de ajuda já não se sabe como fazer...
jinhos

Xana disse...

:( Só porque eu não estava aí. Porque eu não sou tua mãe, mas sei "ler-te" como se fosse. Beijo grande cheio de mimo!

peace_love disse...

As melhoras :)

Sandrina disse...

Como te entendo!!!

beijinhos e as melhoras !!!

Ana Sousa disse...

Chuac!!

Já passou...

neva disse...

ui ui isso é tão mau, vá-la que até hoje a mãe teve sempre forma de vir ter comigo quando estou assim, ou então tenho sempre alguém por perto. espero q estejas melhor

Xuinha Foguetão disse...

Beijo grande Rosinha!

Espero que estejas melhor.

Xuac Xuac

claudia disse...

ui! como fazem falta nesses momentos! Nesses e noutros!!

;)

Pi disse...

Conheço bem a sensação... Viver longe dos «nossos» tem as suas vantagens, mas muitas desvantagens... E até mesmo as mais duronas têm momentos de grande solidão... O que vale é que duram pouco. Somos rápidas a recompor-nos, verdade? Conto com isso;)

Obrigada pelo teu comment... Foi exactamente por me rever, tantas vezes, nas tuas palavras que me tornei uma leitora assídua.

Um beijão e as melhoras!

Cátia disse...

Ohhh.7

É nessas alturas em que o colo sabe realmente bem...
Para lembrar o colo da mamã há uma coisa que funciona comigo: banana migada com sumo de laranja... uma papa bem gostosa;)

as melhoras:)***

BlueAngel disse...

Boas melhoras, Rosa! beijocas :-)

Alecrim disse...

Beijos mimalhos a amenizarem a solidãozinha de quem está doente. Já passou?

Inês disse...

N�o h� duvida que as mam�s fazem-nos sempre muita falta.
Os amigos, normalmente, s�o bons para os bons momentos...

Beijinhos e as melhoras,
Leonor

MIN disse...

As melhoras Rosita!

Mary disse...

Está melhor? Os miminhos de mamã, são sempre bons, então quando estamos doentes!!!!

Eu sei bem o que é estar longe da familia, horrivel, não é?

Beijocas
Isa

Daniel Aladiah disse...

Deixo-te um miminho, que tanta falta te fez, para além da tua mãe.
Um beijo
Daniel

Hobs disse...

Há dias odiosos. Simplesmente não acabam.

SC disse...

Concordo que há alturas em que a solidão chega a doer, e estar doente é uma delas.

Eu combato essa sensação fortalecendo a auto-suficiência, tendo umas comidas congeladas e uns medicamentos "sos" em casa.

eumesma disse...

�...a solid�o suporta-se qd estamos bem, mas qd estamos doentes � mto mau. SEi como � at� pk tenho andado adoentada tb, mas tenho a sorte de a minha m�e viver perto, se assim n�o fosse n�o sei como seria...

Espero que j� estejas melhor.

Bjs

ariana luna disse...

A mim pareceste-me muito bem!
Um pouquinho cansadota, mas nada que um gelado à beira mar não cure!

[Na próxima vez será sem atrasos e sem regressos céleres, ok?]

beijo

AnaBond disse...

oh
beijo grande grande.