terça-feira, junho 23, 2009

Foda-se!

[Pardon my french, mas já sabem que, quando estou verdadeiramente irritada, gosto de chamar as coisas pelo nome, sem asteriscos nem reticências]

Ora vamos lá ver, senhores peões: nunca, mas nunca mesmo, entrem na puta da passadeira, atravessando-se à frente de um carro, sem terem absoluta certeza de que o condutor vos viu. Sim, eu sei que é uma passadeira, mas o facto é que os condutores não são máquinas, são pessoas, e as pessoas não são perfeitas e cometem erros, como, por exemplo, estarem distraídas. Não devia acontecer com quem está ao volante? Pois não, mas ninguém consegue estar cem por cento atento, cem por cento do tempo. Shit happens, essa é que é essa.
A prioridade é dos peões, a Lei está do vosso lado? Claro que sim. Mas, quando morrerem atropelados, ou ficarem com lesões graves, isso vai servir-vos de muito! Estabelecer contacto visual com o condutor antes de iniciar a travessia da passadeira é a regra número um a respeitar por qualquer peão. Enten-fucking-deram?! Agradecida.

28 comentários:

Observador disse...

Rosa, a razão está consigo mas não na totalidade.
Se o peão tem que ter a certeza (e tem) de que o condutor o viu, também o condutor tem que estar atento a toda e qualquer sinalização que aponte para a existência de uma passadeira para peões.
Que tem que estar SEMPRE indicada.
Na horizontal, na vertical e/ou semaforizada.

Contudo, é sempre conveniente andar com toda a atenção.

Peões do meu país, se virem a Rosa a conduzir, párem, escutem, olhem e, pelo sim pelo não, fujam!!!

;)

Dry-Martini disse...

Minha cara, não há regra sem excepção, e um tipo, apesar de não ter o cabelo ruivo (e saber que as rosas são tramadas) pode sempre queres ser atropelado para poder proferir a frase "Hello stranger! Come on closer" .P

XinXin

Fabulosa disse...

bem... quem é que (quase) atropelaste? alguém conhecido? o Sócrates? a Manuela Ferreira Leite? a Cinha Jardim? ;)

ariana luna disse...

Uma coisa é certa, Rosita Maria.
É importante manter contacto visual com os peões.
Não vá aparecer-me o George Clooney para simular que o vou atropelar só para depois lhe oferecer um Nespresso...

José disse...

«Pois não, mas ninguém consegue estar cem por cento atento, cem por cento do tempo. Shit happens, essa é que é essa.»

E o peão? Não tem "direito" a estar distraído?

Xana disse...

É verdade, Rosinha. Tanto condutores como peões são pessoas, e podem estar distraídos, mas, tendo em conta que, em caso de "frente-a-frente", o peão será sempre o elo mais fraco... compreendo-te.

IandU disse...

Bem verdade, as pessoas pensam ou acham que por estarem na passadeira é só atravessar. Muita gente até atravessa na diagonal, que é o mais estranho, tirando os outros que ficam a conversar em frente à passadeira.

Luísa disse...

Tenho uma amiga que tem a mania que pode atravessar a passadeira como bem entender sem verificar se os carros vão mesmo parar. Já lhe avisei que quem fica por "baixo" do carro é ela, mas ela não quer saber!

Mas atropelaste alguém?

Rosa disse...

Luísa,
Credo, não! Mas lá que apanhei um grande susto, apanhei.

Sónia disse...

Chiça! Imagino o susto!

Miss Mau Feitio disse...

Tem calma rapariga.....não stresses! Ficas com rugas...hehehe


Beijinhos

Olhos Dourados disse...

O peão lá lhe pareceu que tinham dado conta! Dogo eu com os nervos!

wings disse...

Enten-fucking-di, sim senhora! :o)

opinião própria disse...

Com as letras todas é que se enfrenta o destino ...

Xana disse...

Rosinha, por onde é que andas? Não podes regressar às pinguinhas. Quero posts todos os dias! ;)

Mãe Gabi disse...

Rosa eras o peão ou a condutora??
Suponho que o peão mas so tenho a esta hora meio neuronio a funcionar!

Eduardo Lara Alves disse...

Faço minhas as tuas palavras, a estrada é de todos e os peões tem que ser responsáveis também (e principalmente).

eloi disse...

Vá lá Rosita... quantos aviaste??

(depois pões umas cruzinhas no capot, como os caças da 2ª guerra mundial!) :)

Tite disse...

Amiga Rosa,

Estou contigo e não abro.

Isso já me aconteceu e eu que sou condutora nunca passo numa passadeira sem ter autorização dos condutores. Sim porque o que te aconteceu a ti já me aconteceu a mim e eu não me fio nos condutores sem eles me dizerem para passar.
É isso que tu dizes... eu tenho prioridade como peão na passadeira mas de que me serve a razão se estiver morta?

Vês porque eu digo que não acredito em coincidências?

Já não vinha por aqui há um tempão e tinha que o fazer hoje para te dar toda a forçado mundo num post que é bem sentido por mim que já apanhei um valente susto ao ter conseguido travar a tempo para não matar um rapazote que se achou no direito de atravessar mesmo sem a segurança de que eu iria travar e eu vinha totalmente a pensar na VIDA!!!!

Portanto, estou contigo em absoluto. Se nós condutores formos condenados por atropelar alguém ACIDENTALMENTE é óbvio que ficaremos totalmente destroçados e infelizes para o resto da vida, mas olha que há certos peões que mereciam levar um toquinho pela sua INSOLÊNCIA.

Valeu a pena vir cá para desabafar a minha revolta solidária querida Rosa.

Obrigada por me proporcionares este espaço, este post, esta oportunidade.

sonia disse...

E aquele que pensam que a passadeira é uma passEadeira???

que nervos me dão!
beijinhos

Carlos disse...

Quando vou distraído e não paro a tempo até costumo pedir desculpa, quando sou peão e a pessoa faz questão de parar mesmo que até desse para passar faço questão de agradecer. Durante o dia costumo até fazer aquele gesto com a mão para as pessoas passarem, quando conduzo, e costumo esticar o braço quando vou atravessar, porque muitas vezes estão carros estacionados nos 5 metros antes da passadeira (o que é punível). São dicas úteis para depois não acontecerem posts como estes.
Mas sim, Rosinha, há gente que se atira à maluca nem entendo como :P

Pátuá disse...

É fodido sim, também já me aconteceu, o gajo saiu detrás de uma camioneta a correr e eu fiquei doente a manhã toda por quase, quase ter atropelado alguém!!

beijinhos

O Profeta disse...

Nasceu!
Nascem a todo o instante
Os sentires vindos da alma
Tatuados a cada semblante

Um beijo na tua procura
Um abraço fica suspenso
Um sorriso desponta da tristeza
Um olhar prende o momento

Bom fim de semana


Doce beijo

Lu.a disse...

Ups...! :/

Cláudia disse...

Uma boa semana, um beijinho e um sorriso. :)
***

Costinhas disse...

acho que não te fucking-entenderam... pelo menos o que hoje fez parar três faixas de carros, para atravessar numa passadeira com um sinal mais que verde para os carros, não deve ter entendido nada.

enfim...

rita sousa teixeira disse...

Pois é amiga tens razão, mas o contacto "bisual" deve ser feito dos dois lados. Por vezes existem carros que tiram a "bisibilidade" e depois....
"oda.se...."

Beijoca

Maria disse...

O peão, como o nome indica, peão!, é pra ir pró caraças.