segunda-feira, junho 25, 2007

Somos todos escorpiões?

A parábola:

O escorpião queria atravessar o rio e pediu ao sapo que o levasse.
- Eu, não, que tu mordes-me e matas-me.
O escorpião discordou:
- É claro que não! Pensa bem, se tu morreres, afogamo-nos os dois.
O sapo acreditou. Fazia sentido. Então pôs o escorpião às costas e começou a atravessar o rio. Ainda ia a meio quando sentiu a ferroada e, enquanto os dois se afogavam, perguntou:
- Mas escorpião, por que fizeste isso, mesmo sabendo que também ias morrer?
- É a minha natureza. - respondeu o escorpião, antes de descer para as profundezas.

O que é que vocês acham? Existe a natureza de cada um, contra a qual não se pode lutar, um padrão que repetimos a vida inteira, mesmo sabendo que não é certo ou que não vai nos ajudar em nada? Ou uma das coisas boas do ser humano é poder quebrar esse padrão?

P.S.: Deixo-vos a reflectir sobre o assunto enquanto vou ali a Paris num instantinho. Cá estarei na quinta-feira para conferir as opiniões. Até lá, já sabem: beijos e abraços!

P.P.S.: Já estou melhor. Obrigada a todos os que se deram ao trabalho de perguntar :)*

25 comentários:

Eduardo Lara Alves disse...

Mas tu não paras um bocadinho?

Minerva McGonagall disse...

se a tua suposta natureza te leva a fazer algo de negativo, não só podes como deves mudar esse padrão. Lê o livro "O segredo".

;)

pp disse...

Pois cá o je acha que sim, que essa natureza pode ser alterada.
Eu acredito...
:)*

Canochinha disse...

A realidade com que me deparo todos os dias é que existem muitos escorpiões... E para mim, a desculpa da natureza não serve. É certo que há que aceitar as pessoas como elas são, mas tudo tem limites... Se são características negativas, podem e devem ser melhoradas.

Cristina disse...

cada um tem a sua natureza, moldada socialmente. no entanto ela aparece sempre em situações de descontrolo. isso é certo.

beijos

andorinha disse...

Pois cá a je também acha que sim, que podemos mudar o que de negativo há em nós.
E é bom que estejamos sempre em construção.:)

Beijinhos, miúda.

AnaBond disse...

mas tu não páras, mulher?
depois queixa-te... :P

há tantos, mas tantos, mas tantos escorpiões...
felizmente há aqueles que vão aprendendo e vão quebrando o padrão... a humanidade ainda não está totalmente perdida ;)

(para a próxima, convida :P)

Xuinha Foguetão disse...

Eu acredito que se pode quebrar o padrão... :)

Beijos e boa viagem.

Xana disse...

Só ficas doente quando é para vires a Bruxelas, é? :( Má!

Pi disse...

Este post vem mesmo a propósito... Ainda ontem, depois de um longo dia de trabalho e de um fim-de-semana emocinalmente complicado, estava a falar com uma amiga sobre isso...
O que é que nos leva a tomar certas decisões se sabemos que não vão ser positivas para nós? Não sei... Mas eu não aprendo! Volto a cometer os mesmos erros. Definitivamente sou um escorpião... Ainda, que segundo a minha amiga, isso um dia vai mudar! Espero que sim. Afinal, não tenho tido bons resultados...

Obrigada por me pores a reflectir. Estava a precisar...;)

Alba disse...

Olha, vai falar um escorpiãozinho de Novembro: Eu acho que dá imenso trabalho quebrarmos um padrão. É preciso sermos persistentes e estarmos mesmo motivados. Mas o universo ajuda e qaundo isso acontece ficamos bem mais felizes! Beijinhos e continuação das melhoras

Seamoon disse...

Na minha opinião se é um padrão por si só já é possivel de se quebrar,para tal só necesita de uma coisa..o querer que ele se quebre.

"Um velho indio descreveu certa vez
os seus confllitos internos.
"Dentro de mim existem dois cachorros,
um deles é cruel e mau,
o outro é muito bom e docil.
Eles estao sempre a lutar!"

Quando lhe perguntaram qual deles
ganharia a luta, o sabio indio parou,
reflectiu, e respondeu:
"Aquele que eu alimentar"

bjs grandes

Carlota disse...

Parece-me que uma das coisas boas do ser humano é mesmo ter a capacidade de mudar o padrão ;) Embora algumas vezes seja bem difícil... Beijos e boas viagens

elisa disse...

Como não acreditar?
Até acho que a humanidade foi progredindo no respeito que tem pelo próximo, que há sim uma evolução, uma quebra de padrões. Serei uma incurável optimista?

claudia disse...

Temos muito de escorpião como temos de sapo!!

;)

Perverso disse...

Eu cá considero-me o sapo... tou sempre cair na dos escorpiões...

ana disse...

sou verde, sinto-me uma autêntica rã!
:-)

Mary disse...

"O que é que vocês acham? Existe a natureza de cada um, contra a qual não se pode lutar, um padrão que repetimos a vida inteira, mesmo sabendo que não é certo ou que não vai nos ajudar em nada? Ou uma das coisas boas do ser humano é poder quebrar esse padrão?"
Linda, as pessoas não mudam, por muito que passe o tempo, passe os anos a verdadeira essência da pessoa está sempre lá.
Vivi um relação de 14 anos sempre a pensar nessa mudança de padrão e...qual foi o resultado final? O inevitável, separação.
Bom regresso, passas a vida a passear :) ehehehhe

Dina disse...

A vida prova-nos todos os dias que podemos e devemos quebrar esse padrão. E ainda bem que assim é. Este mundo seria ainda pior se todos fossemos escorpiões.

Rosa disse...

Tal como prometido, estão conferidas as opiniões, para todos os gostos, comme il faut ;)
Eu acredito que é possível mudarmos absolutamente tudo o que quisermos. O problema reside no querer/crer...

Parrot disse...

:)

Ou sou escorpião, mas os "culpados" foram os meus pais.
;)

Beijos

ariana luna disse...

Eu acredito que ninguém muda ninguém. E que tentar mudar alguém é perdê-lo a longo prazo.

Acredito que poderemos mudar por nós próprios, mas nunca por ninguém.

peace_love disse...

Não, eu sou balança!:P

eumesma disse...

Acho que se quiseremos e se se acharmos que devemos melhorar, então mudamos.
Somos humanos, logo somos bichos inteligentes (alguns pelo menos) e é isso que faz a diferença, esse padrão pode e deve ser quebrado sempre que cada um de nós concluir que isso é o melhor para nós e para os outros. O facto de ser imutáveis ou de quem o quer ser é uma sinal de mta estupidez, desculpa a franqueza.

Bjs

LopesCa disse...

Ainda bem que estás melhor :)